« Brasil: um sindicalista no poder (Parte I)Plutão em Capricórnio: tendências »